Notícias
10 de janeiro de 2019

FSA do Japão nega estar interessada em uma ETF do Bitcoin

A Agência de Serviços Financeiros (FSA, na sigla em inglês) do Japão, tem sido bastante ativa no criptomercado recentemente. Um dos principais pontos da FSA é a melhora constante na regulamentação dos investimentos e no ecossistema das criptomoedas. Outro ponto que está fazendo os investidores olharem para a organização é a possibilidade do desenvolvimento de uma ETF no país.

O desenvolvimento de uma ETF do Bitcoin no país parecia quase certo depois que o Bloomberg publicou um artigo que reforçava o posicionamento positivo do Japão em relação a ação. Porém, segundo o que informa o Cointelagraph Japan, a FSA não está tão fortemente inclinada a começar um projeto o tipo.

Logo após a publicação do artigo do Bloomberg (que contava com um informante anônimo), o Cointelegraph entrou em contato com o órgão regulador e os representantes da FSA foram categóricos em negar as informações. Os representantes declararam:

“Neste momento, nós não estamos explorando uma aprovação de ETFs baseadas em ativos de criptomoedas”.

Leia também  Como pagar suas contas utilizando Bitcoins

Os funcionários da agência também disseram ao Cointelegraph Japan que eles não têm ideia de quem poderia ser a pessoa citada no artigo do Bloomberg.

Segundo informações do Sankey News, a FSA está focada em resolver um outro problema antes de pensar sobre a possibilidade de ETFs de ativos digitais. A agência quer fortalecer a sua política em relação à iniciativa de investimentos e arrecadação por parte de empresas. O Financial Instruments and Exchange Act, feito para proteger os investidores, proíbe que empresas sem registro busquem arrecadação e investimento em fiat. Porém, o documento não fala nada sobre a arrecadação de criptomoedas.

A FSA decidiu focar nesse ponto depois que um relatório que apontou que empresas de investimento não registradas coletaram cerca de 8 bilhões de ienes em criptomoedas no ano passado.

Por enquanto, não parece que teremos uma ETF tão cedo por parte da FSA ou até mesmo da SEC, apesar de empresas como a Bitwise estarem tentando.

Leia também  Agora você pode comprar imóveis com bitcoins

Veja a nova proposta da Bitwise para uma ETF com apoio de custódia física.

Fonte: FSA do Japão nega estar interessada em uma ETF do Bitcoin